Dilema da jardinagem do amante de cães: treinando cães no jardim

Dilema da jardinagem do amante de cães: treinando cães no jardim

Por: Nosso site

Muitos jardineiros são ávidos amantes de animais de estimação, e um dilema comum é manter jardins e gramados em ótima forma, apesar do cachorro da família! As minas terrestres definitivamente não são uma virtude quando se trata de sua paisagem, mas existem etapas que você pode tomar para desfrutar tanto de seu animal de estimação quanto de sua propriedade. Continue lendo para obter dicas sobre como gerenciar cães no jardim.

Como fazer jardins à prova de cachorros

Embora seja essencialmente difícil criar jardins totalmente à prova de cães, você pode torná-los mais amigáveis ​​para cães simplesmente usando as seguintes técnicas de treinamento para usar o penico no jardim:

  • Quando a natureza chama, sem dúvida os cães responderão, mas com um pouco de esforço seu animal pode aprender a usar uma área designada. Comece escolhendo um canto do quintal que dê ao seu cão um pouco de privacidade e não seja uma via principal para os visitantes. Defina a área para que seu cão saiba a diferença entre dentro e fora da seção. Definir a área pode ser facilmente realizado usando uma borda de jardim de arame curto. A ideia não é cercar o cão, mas simplesmente fornecer uma linha de limite.
  • O próximo passo é levar seu cão para passear até a área pessoalmente toda vez que ele entrar no quintal. Siga o mesmo caminho da sua porta até o local e aja como se você estivesse lá com um propósito. Use uma frase como "faça seu negócio".
  • Quando seu cão elimina na seção, elogie generosamente e deixe o jogo livre. Este ritual será realizado mais facilmente se você seguir um esquema de alimentação e água, em vez de deixar comida disponível o tempo todo. Se seu cachorro comer uma refeição completa às 18h, é provável que ele use a área às 19h.
  • Outro aspecto importante é o treinamento de obediência. Quanto mais você trabalhar nos comandos básicos, mais ele respeitará você e as regras do quintal. A obediência também fornece uma curva de aprendizado para que seu animal de estimação compreenda mais prontamente qualquer coisa que você estiver ensinando. A esterilização / castração é importante por muitas razões, mas, a esse respeito, pode reduzir enormemente a necessidade de marcar cada arbusto.
  • Nunca corrija seu cão se ele elimina em outra parte do quintal durante o tempo livre. Você pode acabar com um cachorro que se detém na sua presença e acaba tendo acidentes dentro de casa! Lembre-se de que ainda está ao ar livre e você pode tornar as coisas mais nítidas com o tempo.
  • Depois de apenas alguns dias caminhando com seu cachorro até a área, ele começará a conduzi-lo até lá! Em breve, você pode começar a deixar seu cão sem coleira, mas acompanhá-lo até a seção. Em seguida, reduza gradualmente sua presença caminhando apenas parte do caminho, mas certifique-se de que ele use o local.

Com verdadeira diligência, a maioria dos cães no jardim usará a área de forma independente em cerca de seis semanas. Certifique-se de mantê-lo limpo em todos os momentos e fornecer alguma supervisão regularmente para que ele não regrida.

Agora, se você pudesse ensiná-lo a cortar a grama!

Lori Verni é redatora freelance cujo trabalho foi publicado no The Pet Gazette, no National K-9 Newsletter e em várias outras publicações. Colunista semanal do Holly Springs Sun, Lori também é Instrutora Master Certificada e proprietária da Best Paw Forward Dog Education em Holly Springs, Carolina do Norte. www.BestPawOnline.com

Este artigo foi atualizado pela última vez em

Leia mais sobre o estilo de vida de jardinagem


Responder:

Embora o esterco de cachorro e gato contenham nutrientes orgânicos úteis para as plantas, nenhum deles é seguro para uso em solo contendo plantações de alimentos. Ambos contêm patógenos parasitas que são prejudiciais à saúde humana.

Estrume de cachorro pode conter ovos de Toxocara canis (a lombriga grande comum), que também pode infectar humanos. Estima-se que 90% dos cachorros jovens estão infectados com este verme - muitos nascem infectados - e até 50% de todos os cães adultos.

Os ovos podem ser transferidos para a boca humana pelos dedos de uma pessoa ou de alimentos que entraram em contato com fezes de cachorro.

Ovos de Toxocara podem permanecer viáveis ​​no solo por até 10 anos, dependendo das condições ambientais. Como não se conhece nenhuma informação sobre os efeitos da compostagem a quente nos ovos de Toxocara, também não é seguro adicionar esterco de cachorro a montes de composto destinados à produção de alimentos.

Se você tiver problemas com fezes de cachorro em seu jardim, retire as fezes e tome cuidado para usar boas práticas de higiene (lavar bem as mãos e vegetais) para evitar possível contaminação.

Questões

Faça uma pergunta Aqui estão as perguntas feitas pelos membros da comunidade. Continue lendo para ver as respostas fornecidas pela comunidade ThriftyFun ou faça uma nova pergunta.

Pergunta: A urina do cachorro é ruim para minha horta?

Tenho 2 cadelas. Eles urinam no cimento do meu quintal, quando eu despejo com mangueira a água vai para a minha horta. Comer esses vegetais pode ser prejudicial aos humanos? Estou preocupado com isso. Alguém pode ajudar por favor?

Respostas

Uma vez que penetra no solo, não acredito que haja dano potencial para os humanos - mas pode / vai matar grama e plantas (especialmente de cadelas).

Tente fazer os cachorros irem para outro lugar. Você também pode cavar um pequeno "fosso" ao redor do seu jardim para bloquear a urina - ou forrar a borda com pedras para bloqueá-la.

Nesse ínterim, você precisará neutralizar o solo. Um velho truque que meu pai me ensinou - coloque algumas colheres de sopa de bicarbonato de sódio em um regador - regue bem. Isso irá neutralizar o ácido na urina.

Pergunta: Meu solo é seguro para o cultivo de alimentos?

Meu novo cachorrinho fez cocô várias vezes na horta desde o outono passado. Quando ele era jovem, ele tinha um tipo de verme. Posso plantar meus vegetais lá nesta primavera ou preciso trocar todo o solo?

Respostas

Não consigo imaginar que possa ser um problema, quer dizer, ninguém pode controlar onde os animais fazem cocô. Eu pegaria sempre que você pudesse, mas não me preocuparia com isso.

Pergunta: Jardim de tomate acidental onde cachorros potty?

Meu quintal, sem nenhum esforço da minha parte, rendeu um pé de tomate gigante. Existem toneladas de tomates saudáveis. No entanto, meus cães vão ao banheiro lá fora (provavelmente por isso que cresceu).


12 dicas para um jardim que aceita cães

Desde a delimitação de limites até a proteção de suas plantas, aqui está nosso conselho para garantir que seu jardim seja adequado para cães.

Publicado: quinta-feira, 27 de junho de 2019 às 10h20

Os jardins podem ser espaços maravilhosos e estimulantes para os cães. Mas os cães também podem causar estragos, desenterrando plantas e urinando nos gramados.

Os jardins também contêm perigos - algumas plantas são potencialmente tóxicas para os cães e também existem outros perigos, desde produtos químicos nocivos a objetos pontiagudos.

Há muitas coisas que você pode fazer para garantir que vive em harmonia com seu amigo de quatro patas, incluindo plantar plantas não tóxicas, criar áreas dedicadas para cães e manter o jardim seguro.

Aqui estão nossas 12 dicas para um jardim que aceita cães.

Torne o jardim estimulante

A criação de diferentes rotas pelo jardim, como caminhos claramente definidos e áreas designadas para brincar ou cavar, manterá seu cão estimulado. Diferentes texturas das superfícies podem ser estimulantes sob os pés, e plantas como salix e gramíneas ornamentais dançam e balançam, proporcionando entretenimento.

Plante plantas robustas

Cães turbulentos podem danificar as plantas jovens, ou aquelas com caules delicados, escavando-as ou passando por elas. Plante plantas perenes grandes e estabelecidas e escolha plantas robustas, como nepeta, astilbe e gerânio resistente (evite Pelargonium espécies, que podem ser tóxicas para os cães e, para confusão, têm o nome comum de gerânio). Use uma boa espinha dorsal de arbustos robustos, como viburnum ou rosas arbustivas.

Evite plantas tóxicas

Muitas plantas de jardim são potencialmente tóxicas para os cães. Eles incluem crisântemo, acônito, botão de ouro, narciso, daphne, delphinium, dedaleira, hortênsia, carvalho, tomate, glicínia e teixo. Se você notar algum sintoma preocupante e achar que seu cão pode ter ingerido parte de uma planta, leve-o ao veterinário. Assista ao nosso vídeo sobre plantas que são tóxicas para os cães.

Proteja suas plantas e gramado

Os cães podem arruinar gramados e bordas, portanto, crie uma área designada para brincar ou cavar, usando areia ou casca de árvore. Para evitar que um cão corra através de suas fronteiras, você pode criar caminhos através delas ou criar limites claramente definidos, como uma cerca viva de crescimento baixo. As camas elevadas também são uma ótima opção.

Plante plantas que não deixem de ser cachorros

Você ainda pode ter um lindo jardim se tiver um cachorro - muitas plantas não representam uma ameaça para os cães. Eles incluem snapdragons, margaridas de Michaelmas, camélias, rosa, girassóis, elaeagnus, centaurea (centáurea), impatiens e calêndula.

Certifique-se de que seu jardim é seguro

Alguns cães cavarão sob as cercas ou escaparão por buracos nas cercas, portanto, certifique-se de que suas fronteiras estejam seguras na base. Os cães podem pular surpreendentemente alto, portanto, certifique-se de que suas cercas tenham pelo menos 2 metros de altura se você tiver um cachorro de tamanho médio. Mantenha os portões sempre seguros.

Mantenha os cães longe de lesmas e caracóis

Fique de olho no seu cão e certifique-se de que ele não coma lesmas ou caracóis. Evite usar pellets de lesma não-orgânicos, pois são tóxicos para todos os animais selvagens. O verme pulmonar pode ser contraído ao comer lesmas, caracóis ou sapos infectados. Os sinais incluem dificuldade em respirar, tosse, letargia e sangramento por mais tempo do que o normal.

Mantenha seu galpão seguro

Os galpões podem conter produtos químicos nocivos e ferramentas pontiagudas - certifique-se de mantê-los fechados com segurança o tempo todo.

Evite produtos químicos

Evite o uso de produtos químicos como pelotas não orgânicas para lesmas, que podem ser prejudiciais se o seu cão comer uma lesma ou caracol. Descubra como lidar com lesmas e caracóis de forma orgânica. E não adicione aditivos a recursos hídricos ou lagos, pois os cães ficarão tentados a beber deles.

Evite cobertura morta de casca de cacau

Como o chocolate, esse subproduto da indústria do chocolate pode ser prejudicial se ingerido - e o cheiro de chocolate é tentador. Use uma cobertura alternativa, como lascas de casca.

Proteja sua caixa de compostagem

Caixas de compostagem contendo restos de comida podem ser potencialmente atraentes para os cães e podem conter conteúdos que podem prejudicá-los. Alguns alimentos, como abacates, uvas, passas e cebolas podem ser prejudiciais, então certifique-se de que eles não entrem no seu lixo.

Cachorro fazendo xixi na grama

Chorar nos gramados pode criar manchas amarelas. Treine seu cão para não fazer xixi no gramado ou regue a área depois. Descubra mais sobre urina de cachorro em gramados.

Melhor prevenir do que remediar

Se você suspeita que seu cão comeu uma planta, lesma ou caracol no jardim e está mostrando sinais de doença, não hesite em levá-lo ao veterinário.


Como manter os animais fora da sua horta

Última atualização: 12 de março de 2021 Referências

Este artigo foi coautor de Ben Barkan. Ben Barkan é designer de jardins e paisagistas e proprietário e fundador da HomeHarvest LLC, uma empresa de construção e paisagens comestíveis sediada em Boston, Massachusetts. Ben tem mais de 12 anos de experiência trabalhando com jardinagem orgânica e é especializado em projetar e construir belas paisagens com construção personalizada e integração criativa de plantas. Ele é um Designer de Permacultura certificado, é Supervisor de Construção licenciado em Massachusetts e um Empreiteiro de Melhoria Doméstica Licenciado. Ele é formado em Agricultura Sustentável pela University of Massachusetts Amherst.

São 28 referências citadas neste artigo, que podem ser encontradas no final da página.

Este artigo foi visto 362.470 vezes.

Plantar e cultivar uma horta pode ser um passatempo gratificante e saboroso. No entanto, muitos animais selvagens estarão tão ansiosos para desfrutar de seu trabalho duro quanto você. Manter os animais fora do seu jardim pode ser um sério desafio, pois eles podem ser muito persistentes. No entanto, existem muitos métodos que você pode usar para impedir que os animais entrem em seu jardim, guardando seus vegetais para você desfrutar.


Assista o vídeo: Cachorro peludo fofinho - Tutorial em biscuit por Regiane Ribeiro