9 razões principais pelas quais o gramado fica amarelo e seca no local

 9 razões principais pelas quais o gramado fica amarelo e seca no local

O gramado pode ficar amarelo e fino, o que não é incomum. Para corrigir a situação, é necessário identificar e eliminar a causa do agravamento do estado da grama.

Sem corte de cabelo preventivo

O principal motivo é a falta de cortes preventivos. O corte regular com a ajuda de equipamento especial garante não apenas uma aparência elegante, mas também cria condições para a livre circulação de ar. Se o gramado estiver coberto de vegetação, a água se esconde nele, que não evapora com o tempo.

A umidade excessiva é uma condição favorável para a multiplicação de doenças e infecções.

Para evitar o amarelecimento da grama, você precisa regularmente (a cada 4-5 dias), especialmente no verão, cortar a grama. Mesmo que não haja sinais de ressecamento, o corte de cabelo não deve ser abandonado.

Pouca umidade

Outro fator que contribui para a aparência pouco saudável da grama é a irrigação infrequente ou pouca umidade. O gramado requer irrigação regular. Proprietários experientes de lotes com gramados recomendam regá-los pelo menos uma vez a cada 3-5 dias.

No tempo seco, a frequência das regas é aumentada e, em caso de chuvas prolongadas, são suspensas.

Você pode verificar se a terra está seca e se é necessário regar com um bastão. Eles perfuram o solo com ele e examinam a madeira - a sujeira mostrará em que profundidade o solo úmido começa.

Infestação de oídio no gramado

O murchamento da grama pode ser causado por uma doença em que uma camada branca aparece nos caules e nas folhas. A alta umidade e o ar estagnado contribuem para o desenvolvimento de uma infecção fúngica - oídio.

Se aparecer uma placa, você precisará combater a doença com meios especiais. Para tal, recomenda-se tratar o relvado com uma solução fungicida (Fundazol, Topaz, Skor) ou líquido bordalês a 1%.

O preparo adequado da solução está indicado na embalagem de cada medicamento. Poucos dias após o tratamento, o gramado é penteado com um ancinho em leque.

A derrota da grama pela ferrugem

Com esta doença, uma camada enferrujada aparece na parte superior das folhas. Não causa muito dano, mas afeta a aparência - manchas vermelhas no carpete ficam feias.O aparecimento de tal placa indica que os caules e as folhas carecem de nitrogênio. A cobertura com fertilizantes Nitrofoska ou Ureia ajudará a corrigir a situação.

Deficiência de oxigênio

O fornecimento limitado de oxigênio é o próximo motivo para o murchamento da grama. A condução do ar é importante para o crescimento ideal das plantações de gramado. Se o acesso de oxigênio às raízes for insuficiente (devido à água estagnada, solo duro e crostoso), os caules não recebem nutrição adequada, murcham e ressecam.

Para evitar o murchamento do gramado, você pode usar o procedimento de aeração - furar o solo.

Isso é feito para amolecer a crosta terrestre, facilitar o acesso do oxigênio. Para aeração, use um forcado, dispositivos especiais ou sandálias com pontas.

Baixo em nutrientes

Se o gramado não agrada com uma cor verde brilhante e nenhum sinal da doença é encontrado, então a fertilização com fertilizantes de nitrogênio dará o impulso necessário para o crescimento e desenvolvimento da grama. Além do nitrogênio, nitrato de amônio (5- 10 g por 1 m²) é adequado. É importante regar abundantemente o relvado antes de fertilizar.

Danos ao sistema raiz

O sistema radicular das plantações de gramado é raso - cerca de 5-7 cm. Danos acidentais por animais selvagens ou domésticos provocam o murchamento da grama.

Para evitar isso, você precisa restringir o acesso de animais de estimação à clareira, certifique-se de que eles não façam buracos e fiquem na grama.

Se animais selvagens entrarem no local ou pragas que vivem no subsolo forem introduzidas, você precisará livrar a área de sua presença de maneiras humanas.

Exposição a produtos químicos

A grama pode secar rapidamente após ser exposta a produtos químicos. As queimaduras são provocadas pelo derramamento acidental de soluções concentradas de fertilizantes para alimentação, detergentes, produtos químicos domésticos e automotivos, que queimam as carecas no gramado. Demorará muito para restaurar a cobertura. Se a rega e a cobertura não corrigirem a situação, a grama destruída pode ser desenterrada e novas sementes podem ser semeadas em seu lugar, o que dará aos jovens brotos saudáveis.

Atividades ao ar livre na grama

Caminhadas constantes, jogos ativos, piqueniques levam a pisotear a grama. O revestimento decorativo não se destina ao relaxamento, por isso é melhor organizar um local especial para parques infantis, baloiços, mesas.

Se não houver área livre, recomenda-se a escolha de relvados resistentes às influências externas. Um deles é o azevém, que é plantado para cobrir campos de futebol.

O revestimento decorativo requer uma manutenção cuidadosa: rega regular, aeração, corte de cabelo. Conhecendo as principais causas do murchamento da grama, os problemas podem ser evitados. Se isso não for feito, sempre haverá a oportunidade de restaurar as áreas danificadas.


Por que uma pêra seca

Ola queridos amigos!

O estado instável da pêra pode ocorrer por vários motivos. Vamos descobrir por que a pêra seca no seu jardim? Então:

• A secagem de pequenos ramos geralmente indica problemas de raiz. Água estagnada em solo pesado e argiloso pode iniciar o processo de decomposição das raízes. Isso significa que é necessário realizar trabalhos de drenagem do local e colocar um fermento em pó - húmus ou turfa - no solo a uma profundidade acessível.

Por outro lado, em solo arenoso ou turfoso, o sistema radicular pode secar no inverno. Isso pode acontecer não apenas em temperaturas muito baixas, mas também durante uma transição brusca de degelos para geadas. A solução para o problema é o trabalho preventivo na forma de rega abundante no inverno. Quando o solo congela, a água prende as raízes em um "casulo" de gelo e as protege de secar.

• A pêra seca por causa das toupeiras que estouraram seus túneis ao longo das raízes. Os vazios resultantes não proporcionam adesão ao solo, o que significa que as raízes carecem de nutrientes. Nesse caso, em primeiro lugar, é necessário regar abundantemente a área próxima ao tronco e derrubar os túneis. O contato próximo com o solo úmido nutrirá o sistema radicular e a árvore inteira como um todo. Em segundo lugar, vale a pena tomar medidas drásticas contra as pragas subterrâneas - cavar no "criador de ruído". Podem ser aparelhos comprados em lojas especializadas ou toca-discos caseiros em palitos que farão barulho ao menor sopro de vento. Toupeiras não gostam de viver em lugares barulhentos. Leia como você pode se livrar das toupeiras no site.

• O motivo do ressecamento da pêra pode estar oculto na exposição do colo da raiz - o local onde a raiz passa para o tronco (não o local da enxertia). Normalmente, o pescoço deve ser coberto com uma camada de terra, mas não profundamente. A exposição ocorre quando o plantio é inadequado ou quando o solo congelado empurra a árvore para fora e a base do tronco se abre. Nesse caso, não espere que sua pêra cresça e dê frutos bem. O que deveria ser feito? Inspecione cuidadosamente o gargalo, polvilhe com terra se necessário, lubrifique o dano existente com piche de jardim ou uma mistura em proporções iguais de argila e esterco.

• A pêra seca devido à infecção fúngica. Esporos de fungo podem ser introduzidos ao podar ramos, caso você se esqueça de desinfetar a ferramenta com solução de vitríolo. Método de tratamento: corte os ramos infectados em tecido saudável. O corte deve ser uniforme, liso, sem formação de cânhamo. Deve ser bem lubrificado com verniz de jardim para fechar o acesso ao ar e à água.

• E por último - há casos em que não é possível determinar os motivos do ressecamento da pêra. Acontece que a árvore se revelou fraca e não conseguiu realizar seu potencial dado pela natureza. Mas isso é extremamente raro.

Espero que você tenha encontrado a resposta para a pergunta. por que a pêra seca no jardim, e agora você pode resistir à secagem de sua árvore favorita. Vê você!


Por que a grama fica amarela?

A perda de uma agradável cor verde pelo gramado geralmente é causada pela violação das regras de rega e corte. Mas e se o gramado ficar amarelo apesar de seguir todas as instruções? O gramado provavelmente foi atacado por pragas ou doenças. Felizmente, os métodos para lidar com a maioria dos infortúnios foram desenvolvidos e implementados com sucesso há muito tempo. Mas, para que o tratamento seja eficaz, você precisa determinar contra o que exatamente terá de lutar.

Fusarium

O agente causador desta doença é transportado pelo ar. Um sintoma característico do fusarium é como áreas de grama coladas. Parece que o gramado está coberto de neve. Daí o segundo nome da doença - mofo da neve. Para o tratamento, é necessário pulverizar com líquido Bordeaux ou sulfato de cobre a 1 por cento. A prevenção ajudará a evitar problemas, o que inclui procedimentos como

  • aeração
  • penteando feltro
  • lixar.

Além disso, é muito importante garantir que haja uma grande quantidade de cálcio nos fertilizantes de outono.

NA FIGURA: O gramado do Fusarium aparece na forma de saliências "nevadas". Claro, a foto é um caso esquecido: normalmente não se vê uma flor esbranquiçada, porém, a grama amarelada certamente aparecerá depois.

NA FIGURA: Diferentes opções para fusários de grandes planos e médios. Como acontece com qualquer fungo, o desenvolvimento começa do centro aos arredores do local. O centro do dano seca primeiro.

Oídio

Nos meses de verão, uma flor semelhante à lã aparece no gramado - isso é o oídio. Ele logo muda de cor de branco para preto. A grama afetada pela doença morre. Ao primeiro sinal, você deve reduzir a irrigação e minimizar a fertilização com nitrogênio. Bons resultados são obtidos com o uso de fungicidas. Os fertilizantes complexos para o gramado, corretamente selecionados para a estação, são reconhecidos como a melhor prevenção dessa doença.

NA FIGURA: O gramado infestado de oídio parece estar coberto de poeira.

NA FIGURA: Ao contrário do fusarium, o oídio pinta a folha com uma cor prateada (o fusarium é uma "tampa" de farinha ou neve no gramado). Com o aumento, é possível notar uma pubescência esbranquiçada densa - como se polvilhada com farinha.

Ferrugem

Manchas redondas e alongadas de cor amarelada, vermelha ou preta são sinais de ferrugem. A grama esgotada morre rapidamente. Portanto, é urgente tratar as áreas afetadas com fungicidas (como "Skor") e cortar a grama com a maior freqüência possível. Para evitar a doença, é necessário alimentar o gramado na primavera e no verão com fertilizantes complexos, no outono - com fertilizantes de fósforo e potássio.

NA FIGURA: A falta de nutrientes pode levar à ferrugem do gramado.

NA FIGURA: A ferrugem pode ser facilmente distinguida de outros tipos de fungos patogênicos pela cor marrom dos corpos dos frutos e esporos. Os sapatos costumam ficar manchados de esporos se você andar na grama doente.

Filamentos vermelhos

No final da primavera ou início do outono, manchas vermelhas podem aparecer na grama. Se você olhar de perto, poderá ver o que formou seus esporos filiformes. Via de regra, gramados enfraquecidos que não receberam enfeites de cobertura adoecem. É necessário tratar imediatamente as áreas afetadas com fungicida sistêmico. No futuro, preste atenção à prevenção: aeração, escarificação, alimentação. É importante certificar-se de que o corte de cabelo não seja muito curto.

NA FIGURA: Ilhotas de grama seca com manchas avermelhadas são sinais de um gramado vermelho e filamentoso.

NA FIGURA: Nem todos podem determinar imediatamente o filamento vermelho e ainda mais distingui-lo de outras doenças. No entanto, se você vir fios vermelhos claros em seu gramado, como na colagem acima, saiba que isso é uma doença.

Antracnose

Todas essas doenças afetam o gramado localmente. Mas por que a grama fica amarela em todo o local? Muito provavelmente, uma doença extremamente perigosa, a Antracnose, se torna a culpada.

Vale ressaltar que os sinais da doença se manifestam de diferentes formas dependendo das condições climáticas. Quando a temperatura do ar está acima de + 25 ° C, manchas impressionantes de amarelo claro a marrom escuro são formadas nas plantas. Quando fica mais frio, o tamanho das manchas é bem menor e as folhas da grama adquirem uma coloração amarelo-alaranjada. Simultaneamente com a mudança de cor, o sistema radicular morre. Nas plantas você pode ver todos os componentes do fungo - o micélio e o corpo de frutificação.

NA FIGURA: Numerosos pontos calvos no gramado indicam a natureza em grande escala da doença. Se você olhar atentamente para as folhas de grama, poderá ver círculos pretos nelas com um centro seco e rachado. Este é o "cartão de visita" da antracnose.

Ervas enfraquecidas e desnutridas são suscetíveis à doença. Fatores que aumentam o risco incluem um corte de cabelo excessivamente curto, excesso ou falta de umidade. Para prevenir doenças, é necessário

  • limpe o solo antes de semear ervas
  • aplique fertilizantes de fósforo
  • não exceda a taxa de fertilizantes de nitrogênio.

Se, apesar das medidas tomadas, a infecção persistir, é urgente pulverizar a relva com "Carbendazim".

Dólar à vista (dólar à vista)

Doença do gramado parterre. O mais indefeso contra a doença é festuca vermelha. Pequenos pontos aparecem na grama primeiro, semelhantes a um dólar de prata. O atraso no tratamento leva à fusão dessas formações em ilhotas desordenadas. Ajudando o gramado - pulverizando com "Carbendazim". Medidas de prevenção de doenças:

  • aeração
  • escarificar (perfurar o gramado)
  • aplicação de fertilizantes nitrogenados na primavera.

NA FIGURA: Pontos claros semelhantes em tamanho ao dólar são sinais da doença das manchas do dólar.


Ou nós plantamos o gramado novamente

Porém, se as manchas amarelas no gramado forem muito extensas ou, por exemplo, surgiram devido a sementes de má qualidade ou plantio impróprio, então é aconselhável recriar o gramado verde. E fazer de tudo para evitar os erros cometidos até então.

A época ideal para plantar grama ou colocar um gramado rolante é de meados de abril até o início de outubro. Além disso, a temperatura média do solo deve ser inferior a 10 graus. O consumo ideal de sementes é de pelo menos 30 gramas por metro quadrado.

  1. Antes de semear a grama, o solo deve ser preparado, pois então nada pode ser consertado. Para isso, o local é escavado até a profundidade da pá baioneta. Solo de terra preta muito gorduroso antes da escavação requer a adição de uma camada de areia (até 5 cm). A areia evitará que o solo se rache quando secar.
  2. O solo escavado é nivelado com um rolo manual.
  3. Os sulcos são feitos com ancinho, as sementes são plantadas a uma profundidade de 0,5 cm.
  4. Após o plantio, o solo é rolado novamente.
  5. No primeiro mês após o plantio, o solo é regado com muita frequência - até três vezes ao dia.
  6. Depois que as plantas são esticadas a uma altura de 7 a 8 cm, é realizado o primeiro corte de cabelo. Isso ajudará no perfilhamento. Em geral, o gramado não pode ser cortado abaixo de 4-5 cm.
  7. Os fertilizantes são aplicados em tempo hábil e nas dosagens certas.
  8. Se necessário, o gramado é tratado com produtos químicos.

Se tudo for feito corretamente, a questão do amarelecimento do gramado não deve mais se levantar.

Quer saber mais? Pergunte aos nossos especialistas. Você receberá todas as informações e ajuda profissional. Fique tranquilo, as manchas amarelas no gramado permanecerão apenas uma lembrança desagradável.


Por que o ovário dos pepinos fica amarelo e cai: razões

De acordo com especialistas, o ovário do pepino começa a amarelar e cair por vários motivos principais, a saber, tais como:

  • 1) Violação do regime de luz
  • 2) Violação do regime de temperatura do solo e do ar
  • 3) Violação da nutrição mineral
  • 4) Alto rendimento de híbridos
  • 5) Deficiência ou excesso de umidade no solo
  • 6) Mau trabalho das abelhas devido ao tempo nublado ou, inversamente, muito quente.

Vamos tentar mais detalhadamente considerar cada uma das razões acima pelas quais os ovários nos pepinos secam.

1) Violação do regime de luz

Como sabem, os pepinos são plantas extremamente exigentes em termos de luz, cuja falta prejudica o seu crescimento e desenvolvimento. Portanto, se você pretende cultivar esta cultura em condições de estufa, mesmo na fase de construção de uma unidade de cultivo, aprenda como colocar corretamente uma estufa em um local para que o edifício fique totalmente iluminado.

A falta de luz também pode ser devido à abundância de espaços verdes cultivados na estufa. Freqüentemente, os jardineiros novatos tentam plantar o maior número possível de plantas na estufa, perdendo completamente de vista o fato de que, depois de um tempo, elas começarão a fazer sombra umas às outras. Portanto, antes de começar a cultivar pepinos para mudas, tente calcular com a máxima precisão quanto será necessário, acrescentando cerca de 10% a mais dos chamados à quantidade resultante. Arbustos de "seguro".

Não se esqueça que os modernos híbridos de pepino (especialmente os partenocárpicos) possuem um sistema vegetativo desenvolvido, por isso devem ser plantados levando em consideração a área nutricional recomendada para cada planta individualmente. Assim, os híbridos partenocárpicos são plantados com uma (menos frequentemente - duas) plantas por 1 sq. m, e híbridos polinizados por abelhas - 2-3 plantas por 1 m². Sem observar a freqüência de plantio prescrita, é possível no futuro provocar o fato de que as plantas cultivadas vão sombrear umas às outras, e os ovários do pepino formado começarão a amarelar e cair.

A ausência de pinçamento periódico, por meio do qual é realizada a correta formação do arbusto, também pode levar ao ressecamento dos ovários. Se você não prestar atenção a isso em tempo hábil, os rebentos laterais ramificados, se expandindo, irão sombrear um ao outro. É necessário beliscar a parte superior dos brotos, não permitindo que seu comprimento ultrapasse 20-25 cm (esses brotos longos enfraquecem a planta como um todo e provocam o fato de os ovários nos pepinos começarem a amarelar e cair) .

O processo de formação de um arbusto de pepino começa com o chamado. procedimentos para "cegar" as axilas das folhas, nas quais se localizam os rudimentos das flores, antenas e brotações laterais. À medida que crescem, essas partes da planta exigirão cada vez mais nutrição, o que levará ao enfraquecimento do arbusto-mãe. A remoção oportuna dos elementos embrionários escondidos nas axilas das folhas ajudará a garantir que a mata-mãe não desperdice seus recursos no desenvolvimento de brotos desnecessários e será capaz de desenvolver um forte sistema vegetativo.

O número de seios "cegos" depende da variedade - portanto, em relação ao cultivo em estufas de filme, recomenda-se que as variedades polinizadas por abelhas tenham pelo menos três deles (em um espécime) e pelo menos oito nos partenocárpicos.

2) Violação do regime de temperatura do solo e do ar

A temperatura do ar ideal para o cultivo de variedades partenocárpicas antes de sua frutificação é considerada o intervalo +22 .. + 24 ° em tempo claro, + 20 ... + 22 ° - em tempo nublado e + 17 ° ... + 18 ° - à noite. Quando as plantas começam a entrar na fase de frutificação, esses indicadores devem aumentar para aproximadamente + 23 ... + 26 °, + 21 ° ... + 23 ° e + 18 ° ... + 20 °, respectivamente. Por sua vez, para o cultivo de variedades polinizadas por abelhas, os indicadores de temperatura apresentados aumentam cerca de 1-3 ° para ambas as fases.

A temperatura do solo mais confortável para o cultivo desta cultura é considerada um intervalo de + 22 ° ... + 24 °. O ponto crítico é o intervalo + 13 ... + 15 ° - se o solo esfriar até essa temperatura, os ovários do pepino ficarão amarelos e cairão.

Aqui é necessário falar sobre por que os ovários do pepino secam e caem em estufas de filme. Na maioria das vezes, isso ocorre como resultado do superaquecimento das plantações e mudanças bruscas de temperatura que ocorrem devido ao fato de que o revestimento de polietileno transmite perfeitamente calor, como resultado do qual o espaço interno da estufa pode aquecer até 40 ° (e superior) em clima quente. À noite, o filme de revestimento libera calor, o que leva a um forte resfriamento do ar no interior da estrutura, o que leva inevitavelmente à queda dos ovários.

3) Violação da nutrição mineral

O ovário dos pepinos pode amarelar e cair como resultado de uma violação da nutrição mineral, e esse motivo pode estar não apenas na deficiência de certos elementos, mas também em sua proporção incorreta. Além disso, isso pode ser devido a uma violação da temperatura, regime de gás-ar e umidade do ar e / ou solo.

Variedades e híbridos partenocárpicos são mais dependentes desse fator, pois, desenvolvendo um poderoso sistema vegetativo, precisam de regas abundantes, o que, por sua vez, pode provocar a lixiviação de potássio e nitrogênio do solo. Com uma deficiência aguda desses elementos em variedades partenocárpicas e híbridos de pepinos, os ovários começam a amarelar, secar e cair. Portanto, durante o período de frutificação, não se esqueça de alimentar periodicamente as plantações com fertilizantes de nitrogênio-potássio.

4) Alto rendimento de híbridos

Os híbridos modernos são caracterizados por altos rendimentos - em particular partenocárpicos. Nas axilas de quase todas as folhas, eles têm um ovário (às vezes até vários), e é natural que uma planta que gasta todos os seus recursos no pleno desenvolvimento dos ovários se livre do excesso de carga. Para influenciar esse processo, é necessário remover os ovários em tempo hábil - antes mesmo que as flores desabrochem.

5) Deficiência ou excesso de umidade no solo

Ao cultivar pepinos, deve-se ter em mente que o teor de umidade do solo antes das safras de frutificação deve ser ligeiramente mais baixo do que durante o período de frutificação. Em todo o estágio de amadurecimento dos frutos, o solo deve estar saturado de umidade, tanto quanto possível. No entanto, não se esqueça que é absolutamente impossível regar as plantas com água fria (10 ° -15 °) - caso contrário, poderá provocar uma queda massiva dos ovários.

Por falar em rega, deve-se citar um truque tecnológico, muitas vezes utilizado para aumentar o número de flores femininas - para isso, durante o período de formação das flores, pepinos não regam pepinos por vários dias para secar o solo.

6) Mau trabalho das abelhas devido às condições climáticas desfavoráveis

Freqüentemente, os ovários do pepino secam e caem devido ao mau trabalho das abelhas, que não voam em tempo nublado e raramente voam para dentro de uma estufa abafada aquecida ao sol. Em temperaturas acima de 35 °, mesmo que o inseto transfira o pólen para a flor, ela se tornará estéril. Como resultado, o ovário do pepino não fertilizado vai secar e cair.

Você gostou do artigo? Clique nos botões e compartilhe com seus amigos!


Vários insetos nocivos

As pragas de insetos causam danos anuais aos proprietários de hortas. Os mais comuns são: verme, besouro da pulga da batata, "joaninha" de 28 pontas, cigarrinhas, etc.

Incluindo besouro da batata do Colorado

A praga mais perigosa das batatas é o besouro da batata do Colorado (sua contraparte do Extremo Oriente é a "joaninha" de 28 pontas). O inseto é amarelo-alaranjado, o dorso é forrado de listras pretas no valor de 10 peças. Este besouro é capaz de voos de longa distância graças às suas asas bem desenvolvidas. As fêmeas dos insetos criam filhotes no interior das folhas da batata. Os besouros das folhas jovens se alimentam ativamente da parte verde da planta, razão pela qual os arbustos vegetais começam a amarelar, secar e murchar. Os ovos são amarelos, de forma oblonga. Larvas de marrom escuro a tons de laranja e rosa com manchas escuras nas laterais. Larvas e besouros são capazes de destruir todas as copas em pouco tempo.

Métodos de proteção: coleta, destruição de larvas e escaravelhos manualmente, plantio próximo às batatas - calêndula, feijão, feijão; destruição de um inseto por infecção bacteriana (bitoxibacilina, boverina); uso de preparações venenosas para fins especiais.


Atividade de pragas e parasitas

As doenças virais e fúngicas não são o único motivo de preocupação. Freqüentemente, as pontas das batatas secam e murcham no contexto da atividade de insetos-praga. Nematoda - vive no solo. A principal fonte de nutrientes para ela é o suco do sistema radicular. Quanto mais ativamente ele come as pragas, mais rápido a batata seca e amarelece. Assim que o residente de verão perceber sinais de um problema iminente, você precisa agir imediatamente, caso contrário, você pode perder a maior parte da colheita.

O plantio de centeio, tremoço e malmequeres ao lado de batatas ajudará a prevenir desenvolvimentos negativos. O segundo método de prevenção é o tratamento do solo antes do plantio dos tubérculos. Para fazer isso, use uréia - 1 kg de substância para cada "tecido". Outra praga, cuja atividade faz com que as folhas sequem e caiam, é o besouro da batata do Colorado. Você pode destruir um convidado indesejado tratando as plantações com preparações especiais:

  • "Fagulha"
  • "Bankol"
  • "Comandante".

O primeiro tratamento é realizado com o início da fase ativa do ciclo vegetativo. O ponto final será a colheita direta. O resultado depende muito do nível correto de concentração da solução. Assim que o jardineiro notou as folhas caídas, eles imediatamente entraram em ação. Cada arbusto leva até 70-80 g da substância, diluída em 1 litro de água. Para prevenção, recomenda-se plantar plantas com odor pronunciado perto do arbusto:

O besouro da batata do Colorado não tolera esse sabor.


Causas de amarelecimento de agulhas em coníferas

Nas coníferas, as agulhas podem às vezes ficar amarelas ou até mesmo secar completamente. Por que as agulhas ficam amarelas na árvore de Natal e como ajudar a árvore?

Em primeiro lugar, uma das razões para o amarelecimento das agulhas nas coníferas pode ser o frio. Em algumas coníferas, os ramos podem ficar amarelos no inverno. Por exemplo, tais plantas incluem microbiota, zimbro comum das variedades Plumosa e Depressa Aurea, pseudo-lazer verde e outras plantas. Mas isso não é crítico, pois com o início da primavera, os ramos voltam a adquirir a sua cor verde.

Em segundo lugar, as agulhas podem ficar amarelas mesmo com geadas moderadas. E tudo porque nem todas as coníferas são resistentes à geada. Por exemplo, isso inclui as seguintes coníferas - cipreste estúpido, zimbro virgem, pseudo-lazer verde e oriental, cipreste de Lawson, thuja gigante. Se você deseja cultivar essas plantas na faixa do meio, deve definitivamente levar em consideração as peculiaridades de cuidar delas no inverno e saber se é necessário cobri-las neste período.

Além disso, as agulhas de abeto costumam ficar amarelas sob a influência do calor. Com uma prolongada falta de umidade, as seguintes coníferas podem secar - metasequoia chinesa, cipreste japonês, ervilha, pântano e outras. Todas essas plantas têm medo de uma primavera muito quente, que vem imediatamente após a geada. No outono, eles precisam ser regados em abundância para que possam fazer um suprimento de umidade por um longo período.

Na falta de minerais, as agulhas também podem adquirir uma tonalidade amarela. Isso é especialmente verdadeiro no caso da falta de magnésio na alimentação de coníferas. Portanto, essa seleção de fertilizantes minerais é necessária, pois contém todos os minerais necessários e pode excluir o amarelecimento das agulhas.

As agulhas da árvore ficam amarelas sob a influência de pragas e doenças. Portanto, as agulhas amareladas devem ser examinadas cuidadosamente e atentando para se elas apresentam placa, manchas ou qualquer praga. Se necessário, as plantas devem ser tratadas com preparações apropriadas.

A urina de cachorro também é prejudicial às coníferas. As marcas deixadas por esses animais levam ao ressecamento dos galhos que precisam ser cortados, e da própria planta, se possível, para protegê-los de tais invasões.

Se você comprou uma planta conífera em uma exposição ou em uma loja e percebeu que suas agulhas ficam amarelas, ou você tem um pinheiro ou uma thuja crescendo em campo aberto há muito tempo, mas em um ponto você percebe isso de um determinado lado , ou em geral toda a copa começa a amarelar, então chamamos a sua atenção 5 razões principais, e provavelmente as únicas, a partir das quais as agulhas ficam amarelas nas coníferas. O principal é reagir a tempo de salvar a planta. Algumas razões não são fatais, enquanto outras podem danificar gravemente a éfedra e você terá que "ofegar" por ela.

A primeira razão é porque as agulhas ficam amarelas . A causa mais comum é a falta de água. Na loja há coníferas em potes, vasilhames, suas agulhas são verdes ... E os vendedores inexperientes raramente podem regá-las, as agulhas não murcham, e a verde vale a pena! Lembre-se de que sua árvore ou pinheiro de Ano Novo estão de pé há tanto tempo, ou seja, pela sua aparência não é inteiramente possível entender se tem água suficiente ou não.

Aqui eles secaram um caroço de barro na loja, então se lembraram, despejaram. Mas as pequenas raízes que absorvem a umidade mais e mais rapidamente estão mortas. E para que a indústria precise ajudar a planta com fertilizante ou acelerador de crescimento, regue periodicamente na hora certa.

Portanto, ao comprar uma éfedra em uma loja ou viveiro, guie-se pela consciência do vendedor e não pela aparência do solo. Mesmo que seja regado, pode significar que só foi regado hoje, e a planta conífera ficou seca por uma semana. E quando você traz a éfedra para casa, em uma semana suas agulhas podem ficar amarelas.

O melhor, claro, é saber com antecedência a qualidade da empresa ou do vendedor, pode ser necessário, se uma loja ou viveiro não estiver longe de você, visite periodicamente e observe as plantas, como são cuidadas. Foto de coníferas em vasos:

Se você comprou uma planta "submersa" e as agulhas começaram a amarelar em sua casa, então se você quiser plantar a planta em campo aberto, aconselhamos que tais pessoas não sejam plantadas em solo arenoso e seco, especialmente cal, com uma camada fértil rasa. Eles ficarão doentes por muito tempo. Neste caso, é necessário preparar uma cova especial para o plantio de modo que haja solo fértil suficiente, e é preciso plantá-la junto com um caroço para não arrancar as raízes já fracas.

A segunda razão é porque as agulhas ficam amarelas . Esta é uma aterrissagem inadequada. Como diz o ditado, "a ganância matou a fritadeira". Se você plantou uma efedrina no final do outono e não teve tempo de enraizar, vai enraizar, ou seja, logo chegou o inverno, geadas, o solo congelou, então a conífera vai ter agulhas amarelas, já que as raízes não absorvem a umidade, eles dormem e as agulhas continuam a evaporar a umidade. Sim, as coníferas no inverno, especialmente em dias claros, evaporam a umidade das agulhas. Como resultado, a planta fica desidratada, as agulhas ficam amarelas e caem.

Para salvar a planta:

1.- protegê-lo da geada e do sol

2.-limpe a neve ao redor da éfedra de modo que forme um lado ao redor do tronco e pelo menos a cada dois dias regue a éfedra com água morna o suficiente (60 graus). Quando a água é absorvida pela terra fria, ela atinge a temperatura desejada. E o lado da neve também criará uma zona de proteção para que as correntes de ar não congelem o solo com mais força. Plantando coníferas na foto do final do outono:

A terceira razão é porque as agulhas ficam amarelas . Queimadura de sol. Na maioria das vezes no inverno e no início da primavera, quando a neve ainda não derreteu, os raios de sol, refletidos na neve branca, criam ainda mais iluminação perto da planta, quase 2 vezes mais intensa. Portanto, as agulhas ficam amarelas e caem. Afinal, há pouca umidade no solo e os suprimentos de água das agulhas começam a evaporar cada vez mais com a luz do sol. Obviamente, as coníferas não precisam ser regadas durante todo o inverno.

Claro, é aconselhável regar pelo menos uma vez por mês, mas as coníferas salvam abrigos do sol. Você pode cobri-lo com papel grosso, estopa, um material de cobertura especial, que agora pode ser comprado em qualquer loja de jardinagem, ou com os mesmos ramos de abeto de coníferas. Fotos de queimaduras solares de coníferas:

A quarta razão é porque as agulhas ficam amarelas . Fungos, ou seja, doenças fúngicas, podem causar amarelecimento e queda das agulhas. Estes são os fungos que mais frequentemente causam doenças de coníferas, como diferentes tipos de shute e uma variedade de ferrugem. Os fungos podem surgir a partir de cuidados inadequados com as plantas, plantio frequente, sem locais ventilados, sombra constante.Para as coníferas, faça um tratamento preventivo, pois os fungos podem estar em todo o solo e no ar. Para a profilaxia, pulverizar com Foundationol (10 gramas por 10 litros de água com um intervalo de 10 dias) é adequado.

Se as agulhas já amarelaram e você não identificou nenhum outro motivo, portanto, muito provavelmente se tratando de vinhos de fungos, trate as coníferas com produtos biológicos - Fitosporina - M, Alirin, Gamair. Esses produtos biológicos lutam contra os fungos, mas para fortalecer a imunidade da própria planta, trate as coníferas com Zircão e Epin - medicamentos extras. Ferrugem da agulha:

A quinta razão é porque as agulhas ficam amarelas ... As coníferas têm muitas pragas que gostam de estragar a aparência das plantas, ou mesmo levar à morte por completo. Por exemplo, pulgão thuja ou pulgão Sitka. Na maioria das vezes, os pulgões atacam thuja, Sitka, pinheiros espinhosos e sérvios.

Coloque uma folha branca sob o galho e bata no galho com a mão. Se "cabras" escuras caem em uma folha, então suas coníferas são "comidas" por pulgões. Você pode se livrar dos pulgões das coníferas se borrifar frequentemente as plantas com sabão de potássio, infusão forte de alho, absinto ou outras ervas.

Outra praga das coníferas pode ser uma mariposa - uma freira, ou melhor, lagartas vorazes de cor branca e cinza suja. Se você tiver algumas coníferas e perceber perfeitamente as lagartas, a maioria delas pode ser coletada e destruída, mas lembre-se de que essas lagartas afetam as agulhas de modo que os galhos ficam expostos. Portanto, além disso, é melhor pulverizar as coníferas com Bitoxibacilina ou outras preparações de Decis, Karate.

Além disso, suas coníferas podem ser estragadas por ácaros-aranha e vermes da folha dos abetos. Quando as plantas são afetadas pelo curuquerê, as agulhas ficam amarelas, uma teia de aranha bastante perceptível aparece e pequenas lagartas comendo as agulhas são visíveis dentro. Se você começar a notar a teia de aranha nas agulhas, então primeiro fazemos o processamento mecânico.

Calçamos luvas, cobrimos suavemente o galho com as mãos e, por assim dizer, retiramos a teia de aranha deles na direção do crescimento das agulhas. Você pode girar, sacudir os galhos. Em seguida, processamos as plantas com enxofre coloidal, forte infusão de dente de leão ou alho.

Se os galhos estiverem gravemente afetados, tratamos com uma solução de sabonete líquido para que os insetos grudem e sufoquem, e depois removemos esses galhos. Se você tem muitas coníferas e todos começaram a ser comidos por pragas juntos, aconselhamos não perder tempo, mas usar inseticidas químicos, caso em que com certeza salvará suas plantas.

Se você comprou uma planta conífera em uma exposição ou em uma loja e percebeu que suas agulhas ficam amarelas, ou você tem um pinheiro ou uma thuja crescendo em campo aberto há muito tempo, mas em um ponto você percebe isso de um determinado lado , ou em geral toda a copa começa a amarelar, então chamamos a sua atenção 5 razões principais, e provavelmente as únicas, a partir das quais as agulhas ficam amarelas nas coníferas. O principal é reagir a tempo de salvar a planta. Algumas razões não são fatais, enquanto outras podem danificar gravemente a éfedra e você terá que "ofegar" por ela.

A primeira razão é porque as agulhas ficam amarelas. A causa mais comum é a falta de água. Na loja há coníferas em potes, vasilhames, suas agulhas são verdes ... E os vendedores inexperientes raramente podem regá-las, as agulhas não murcham, e a verde vale a pena! Lembre-se de que sua árvore ou pinheiro de Ano Novo estão de pé há tanto tempo, ou seja, pela sua aparência não é inteiramente possível entender se tem água suficiente ou não.

Aqui eles secaram um caroço de barro na loja, então se lembraram, despejaram. Mas as pequenas raízes que absorvem a umidade mais e mais rapidamente estão mortas. E para que a indústria precise ajudar a planta com fertilizante ou acelerador de crescimento, regue periodicamente na hora certa.

Portanto, ao comprar uma éfedra em uma loja ou viveiro, guie-se pela consciência do vendedor e não pela aparência do solo. Mesmo que seja regado, pode significar que só foi regado hoje, e a planta conífera ficou seca por uma semana. E quando você traz a éfedra para casa, em uma semana suas agulhas podem ficar amarelas.

O melhor, claro, é saber com antecedência a qualidade da empresa ou do vendedor, pode ser necessário, se uma loja ou viveiro não estiver longe de você, visite periodicamente e observe as plantas, como são cuidadas. Foto de coníferas em vasos:

Se você comprou uma planta "submersa" e as agulhas começaram a amarelar em sua casa, então se você quiser plantar a planta em campo aberto, aconselhamos que tais pessoas não sejam plantadas em solo arenoso e seco, especialmente cal, com uma camada fértil rasa. Eles ficarão doentes por muito tempo. Neste caso, é necessário preparar uma cova especial para o plantio de modo que haja solo fértil suficiente, e é preciso plantá-la junto com um caroço para não arrancar as raízes já fracas.

A segunda razão é porque as agulhas ficam amarelas. Esta é uma aterrissagem inadequada. Como diz o ditado, "a ganância matou a fritadeira". Se você plantou uma efedrina no final do outono e não teve tempo de enraizar, vai enraizar, ou seja, logo chegou o inverno, geadas, o solo congelou, então a conífera vai ter agulhas amarelas, já que as raízes não absorvem a umidade, eles dormem e as agulhas continuam a evaporar a umidade. Sim, as coníferas no inverno, especialmente em dias claros, evaporam a umidade das agulhas. Como resultado, a planta fica desidratada, as agulhas ficam amarelas e caem.

Para salvar a planta:

1.- protegê-lo da geada e do sol

2.-limpe a neve ao redor da éfedra de modo que forme um lado ao redor do tronco e pelo menos a cada dois dias regue a éfedra com água morna o suficiente (60 graus). Quando a água é absorvida pela terra fria, ela atinge a temperatura desejada. E o lado da neve também criará uma zona de proteção para que as correntes de ar não congelem o solo com mais força. Plantando coníferas na foto do final do outono:

A terceira razão é porque as agulhas ficam amarelas. Queimadura de sol. Na maioria das vezes no inverno e no início da primavera, quando a neve ainda não derreteu, os raios de sol, refletidos na neve branca, criam ainda mais iluminação perto da planta, quase 2 vezes mais intensa. Portanto, as agulhas ficam amarelas e caem. Afinal, há pouca umidade no solo e os suprimentos de água das agulhas começam a evaporar cada vez mais com a luz do sol. Obviamente, as coníferas não precisam ser regadas durante todo o inverno.

Claro, é aconselhável regar pelo menos uma vez por mês, mas as coníferas salvam abrigos do sol. Você pode cobri-lo com papel grosso, estopa, um material de cobertura especial, que agora pode ser comprado em qualquer loja de jardinagem, ou com os mesmos ramos de abeto de coníferas. Fotos de queimaduras solares de coníferas:

A quarta razão é porque as agulhas ficam amarelas. Fungos, ou seja, doenças fúngicas, podem causar amarelecimento e queda das agulhas. Estes são os fungos que mais frequentemente causam doenças de coníferas, como diferentes tipos de shute e uma variedade de ferrugem. Os fungos podem surgir a partir de cuidados inadequados com as plantas, plantio frequente, sem locais ventilados, sombra constante. Para as coníferas, faça um tratamento preventivo, pois os fungos podem estar em todo o solo e no ar. Para a profilaxia, pulverizar com Foundationol (10 gramas por 10 litros de água com um intervalo de 10 dias) é adequado.

Se as agulhas já amarelaram e você não identificou nenhum outro motivo, portanto, muito provavelmente se tratando de vinhos de fungos, trate as coníferas com produtos biológicos - Fitosporina - M, Alirin, Gamair. Esses produtos biológicos lutam contra os fungos, mas para fortalecer a imunidade da própria planta, trate as coníferas com Zircão e Epin - medicamentos extras. Ferrugem da agulha:

A quinta razão é porque as agulhas ficam amarelas... As coníferas têm muitas pragas que gostam de estragar a aparência das plantas, ou mesmo levar à morte por completo. Por exemplo, pulgão thuja ou pulgão Sitka. Na maioria das vezes, os pulgões atacam thuja, Sitka, pinheiros espinhosos e sérvios.

Coloque uma folha branca sob o galho e bata no galho com a mão. Se "cabras" escuras caem em uma folha, então suas coníferas são "comidas" por pulgões. Você pode se livrar dos pulgões das coníferas se borrifar frequentemente as plantas com sabão de potássio, infusão forte de alho, absinto ou outras ervas.

Você pode ler mais sobre inseticidas fitoterápicos e sua preparação em nosso site. Mesmo assim, não é química ...

Foto de pulgões em agulhas:

Outra praga das coníferas pode ser uma mariposa - uma freira, ou melhor, lagartas vorazes de cor branca e cinza suja. Se você tiver algumas coníferas e perceber perfeitamente as lagartas, a maioria delas pode ser coletada e destruída, mas lembre-se de que essas lagartas afetam as agulhas de modo que os galhos ficam expostos. Portanto, além disso, é melhor pulverizar as coníferas com Bitoxibacilina ou outras preparações de Decis, Karate.

Além disso, suas coníferas podem ser estragadas por ácaros-aranha e vermes da folha dos abetos. Quando as plantas são afetadas pelo curuquerê, as agulhas ficam amarelas, uma teia de aranha bastante perceptível aparece e pequenas lagartas comendo as agulhas são visíveis dentro. Se você começar a notar a teia de aranha nas agulhas, então primeiro fazemos o processamento mecânico.

Calçamos luvas, cobrimos suavemente o galho com as mãos e, por assim dizer, retiramos a teia de aranha deles na direção do crescimento das agulhas. Você pode girar, sacudir os galhos. Em seguida, processamos as plantas com enxofre coloidal, forte infusão de dente de leão ou alho.

Se os galhos estiverem gravemente afetados, tratamos com uma solução de sabonete líquido para que os insetos grudem e sufoquem, e depois removemos esses galhos. Se você tem muitas coníferas e todos começaram a ser comidos por pragas juntos, aconselhamos não perder tempo, mas usar inseticidas químicos, caso em que com certeza salvará suas plantas.


Assista o vídeo: Doença que dá no gramado, em época de frio saiba como cuidar